terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Encontro Avaliativo com Adolescentes em MSE





Na manhã de hoje, dia 02 de dezembro, houve Encontro com Adolescentes em cumprimento de Medida Socioeducativa - MSE, no CREAS.

O encontro foi avaliativo, considerando os encontros, atendimentos individuais e oficinas realizadas durante o ano em curso. Houve dinâmica com balões, onde os adolescentes colocaram descrições de pontos positivos e negativos deste ano.

Na avaliação houve mais pontos positivos que negativos, sendo destaque como ponto positivo o atendimento dos profissionais e as atividades desenvolvidas como oficinas e dinâmicas de grupo.

Entre as solicitações para o ano seguinte, está principalmente o favorecimento do deslocamento para os que moram distante do CREAS.

Está programado um dia de lazer e confraternização, encerrando as atividades do ano 2014.


Anna Jailma - Equipe CREAS
Foto - ilustrativa

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

CREAS integra Caminhada "Mulher Viver sem Violência"



















Hoje pela manhã, em Caicó RN, houve a Caminhada “Mulher Viver sem Violência”, com Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Mulher, Conselho Municipal da Mulher, CRAS, CREAS, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – SCFV, escolas do município, e outras instituições.
Na Caminhada  houve concentração na Praça da Alimentação José Augusto, onde as mulheres fizeram a Dança da Ciranda, com músicas que remetem a luta das mulheres pela igualdade de direitos e muita batucada, integrando crianças das escolas; bem como, apitos de alerta contra a violência. Vale destacar que todos os participantes carregavam balões brancos simbolizando a paz e ‘cruz branca’, em referência as mulheres que morreram vítimas de violência, inclusive, mulheres do Seridó que morreram em decorrência de parto.
Todos os participantes carregavam faixas e cartazes pela Av. Cel. Martiniano, culminando no cruzamento com Av. Seridó, onde com muita determinação e coragem as mulheres presentes expressaram sua opinião, destacando os direitos da mulher e alertando sobre as diversas formas de violência contra a mulher, inclusive, as graves dificuldades enfrentadas até no momento do parto, acontecendo inclusive, morte da mãe e da criança. Também foi dado ênfase a importância destes momentos de debates, mobilizações e esclarecimentos sobre os direitos da mulher.
As mobilizações em Caicó, dentro dos 16 dias de ativismo, encerraram na data de hoje, sendo que, no período da tarde, acontece apresentação de vídeo e roda de conversa na Empresa Britador Caicó.
A Campanha de 16 dias de Ativismo no Combate a Violência Contra a Mulher, tem apoio e integração da Prefeitura Municipal de Caicó, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social – SEMTHAS. 

Anna Jailma - Equipe CREAS 
 Fotos - Aline Nunes

Na Dança da Ciranda, o NÃO a Violência contra a Mulher









“Acorda Maria Bonita/Levanta vai, faz o que quiser/
Que o dia já vem raiando/E o marido já fez o café”


“Essa ciranda quem me deu foi Lia/Que mora na Ilha de Itamaracá/
Ô cirandeiro/ cirandeiro Ó/
A pedra do meu anel/Brilha mais do que o sol”



“As mulheres estão chegando/
E a ciranda vai girando/
Gira, gira, gira roda, girando
E as mulheres vão se animando
Rainha! Rainha! Rainha! Rainha


Fotos - Aline Nunes
Postagem - Anna Jailma - Equipe CREAS

16 dias de ativismo: CREAS integra ação no CRAS








Dia 27 de novembro, o CREAS esteve integrando o Dia de Orientação e Reflexão, no CRAS Dona Vicência – Zona Oeste de Caicó, dentro das ações da Campanha de 16 dias de Ativismo no Combate a Violência contra a Mulher. 
No CRAS houve palestras sobre direitos da mulher e sobre doenças sexualmente transmissíveis - DST'S e Aids. Também houve sorteios entre as mulheres presentes. 
A ação contou com significativa participação de usuárias do CRAS e CREAS.


Anna Jailma - Equipe CREAS

Laço Branco: homens abraçam a causa da Não Violência




No dia 6 de dezembro de 1989, um homem de 25 anos (Marc Lepine) entrou armado na Escola Politécnica de Montreal, no Canadá. Em uma sala de aula, ele ordenou que os homens (aproximadamente 50) se retirassem. Assassinou 14 mulheres e depois saiu atirando pelos corredores e outras dependências da escola, gritando “Eu odeio as feministas”.
Desta forma, ele matou 14 estudantes, todas mulheres. Feriu ainda 14 pessoas, das quais 10 eram mulheres. Depois suicidou-se. Com ele, foi encontrada uma carta que continha uma lista com nomes de 19 feministas canadenses que ele também desejava matar e na qual ele explicitava a motivação de suas ações, em suas palavras: “mandar de volta ao Pai as feministas que arruinaram a sua vida”.
O crime, que ficou conhecido como o “Massacre de Montreal”, mobilizou a opinião pública daquele país, gerando amplo debate sobre as desigualdades entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social. Assim, um grupo de homens canadenses decidiu organizar-se para dizer que existem homens que cometem a violência contra a mulher, mas existem também aqueles que repudiam essa violência. Eles elegeram o laço branco como símbolo e adotaram como lema: jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos frente a essa violência.
Lançaram, assim, a primeira Campanha do Laço Branco (White Ribbon Campaign): homens pelo fim da violência contra a mulher. Esta Campanha integra os 16 dias de ativismo no combate a violência contra a mulher, onde acontece distribuição de laços brancos aos homens que abraçam a causa da não violência.

Fonte: www.lacobranco.org.br

Postagem - Anna Jailma - Equipe CREAS

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

PRÓXIMAS AÇÕES DE ATIVISMO NO COMBATE A VIOLÊNCIA




CRAS/ZONA OESTE - Amanhã, dia 27, é Dia de Orientação e Reflexão, no CRAS Dona Vicência – Zona Oeste, ao lado da Praça do Corintians, às 14h, tendo como público-alvo as catadoras e mulheres acompanhadas pelo CRAS e CREAS.

CAMINHADA - Dia 28/11, haverá Caminhada “Mulher Viver sem Violência” com concentração na Praça da Alimentação José Augusto, às 7h30, seguindo o percurso pela Av. Coronel Martiniano e cruzamento com a Av. Seridó.


BRITADOR CAICÓ - Na tarde do dia 28/11, às 16h, acontece mobilização na Empresa Britador Caicó. 


Anna Jailma - equipe CREAS